Trinta Dias com meu Blog

    Apenas 30 dias com este meu blog e, modéstia à parte, acho que até que estou me saindo bem. Apanhei muito no começo, porque não sabia de...

    Apenas 30 dias com este meu blog e, modéstia à parte, acho que até que estou me saindo bem. Apanhei muito no começo, porque não sabia de absolutamente nada de internet. Um mundo totalmente desconhecido para mim, mas achei que valia à pena me lançar o desafio de, do zero e por minha conta, só com com a ajuda dos tutoriais do Google e do You Tube, começar um blog, sim.
   No comecinho de dezembro do ano passado, foi que tive  a ideia, tudo porque, quando decidi retornar aos estudos, depois de longos 30 anos longe dos bancos escolares, me vi com uma imensa dificuldade em acompanhar a evolução dos tempos. Ganhei um notebook de meu marido, aí fiz meu e-mail, pois nem isso eu tinha, acredita? Aí entrei no facebook, twitter, instagran, este último, confesso que ainda não sei para que serve, não como funciona, não consigo postar nada.



  Mas, como ia dizendo, a disciplina de computação gráfica, para mim foi um horror, porque eu estava a anos luz de distância de minha turminha, composta em sua maioria por jovens nos seus alegres 20 aninhos. Eu simplesmente não conseguia acompanhar a turma.
 Lógico, claro e evidente que eu, por mais esforço que tivesse, jamais conseguiria passar.
 Dito e feito, repeti.Não teve jeito. Nem vou me arriscar a pagar esta disciplina neste período, porque é mesmo que está vendo, não vou passar de novo, por isso decidi empurrar um pouquinho mais para frente, quando estiver mais familiarizada com esta nova realidade. 



 Meu primeiro blog se chamava porventuramoda, e eu escrevia sobre a dificuldade que era retornar às aulas, depois de tanto tempo. Como era interagir com a turminha. O porquê de eu ter escolhido estudar moda. Sei lá. Foi o que apareceu. Por isso o  nome porventura. Porque foi assim mesmo, meio por acaso. 





  Bom, meu primeiro blog não deu certo. Quebrei muito minha cabeça com ele, porque não sabia de nada. Com este meu segundo o estimadamoda, acho que estou me saindo melhor, até porque já aprendi um pouco com o outro, o qual excluí. 
 Este ainda não está livre de atropelos, porque ainda tem muito chão pela frente para se aprender  e não é nada fácil.

  Eu pretendia falar sobre moda feminina, beleza, bem estar e também das dificuldades com minha nova vida de estudante, mas pensando bem, eu acho que vou escrever é sobre o que me vier à cabeça no momento. Eu sempre quis ser escritora. Quanta pretensão, hem?! O que é que tem?! A internet é boa por causa disso. É democrática e permite que qualquer pessoa expresse suas ideias e, se tiver alguém que queira ler, curtir, discordar, compartilhar, melhor ainda. tudo bem.
 Por hoje é só. Tchau! Fiquem com Deus!



Você vai amar ler esses também:

0 comentários

Gostou? Compartilhe !!!

Pesquisar este blog