Visita Técnica ao Museu Cais do Sertão

O Museu Cais do Sertão fica localizado bem no coração do Recife, no Cais do Apolo. Lá pode-se encontrar toda obra de Luiz Gonzaga, além da h...

O Museu Cais do Sertão fica localizado bem no coração do Recife, no Cais do Apolo. Lá pode-se encontrar toda obra de Luiz Gonzaga, além da história do Cangaço e do homem sertanejo.





Antes de entrar no museu propriamente dito, assistimos a um vídeo, um filmete na verdade. Três telas gigantes, que desmitifica a ideia de que no Sertão só há seca, miséria e fome. Há sim, um povo humilde e sofrido, porém digno e trabalhador e que sabe levar a vida com leveza e musicalidade.

As crianças jogam bola, os jovens andam de patins, os adultos tocam sanfona e dançam ao som de suas músicas preferidas, assim como qualquer outro povo, em qualquer lugar do planeta.
As mulheres - essas trabalham demais - na roça, levando água na cabeça, cuidando da casa e das crianças e alimentando os animais. Mas isso também não é nenhuma novidade, porque as mulheres também trabalham demais em qualquer outra parte do mundo. Contudo, vi algumas pilotando motos, prova que no sertão, as mulheres também estão avançando no tempo.

  Como vê, não importa a geografia, homens e mulheres, com alguma variação,
sofrem por um ou outro motivo, simplesmente
 porque a vida não é fácil para ninguém.
Enquanto o homem urbano está, só agora,começando a se preocupar em reciclar e reutilizar seus materiais, isso já é, há bastante tempo uma realidade para o sertanejo, até pelas dificuldades inerentes à sua região.
As latas de óleo vazias, viram belas lamparinas, por exemplo.

Suas roupas de festa são confeccionadas com couro e são muito elegantes e exuberantes.
Como não poderia deixar de ser, suas casas, seus móveis e utensílios  são simples, porém aconchegantes e guardam dentro de si uma 
autenticidade, uma originalidade, uma criatividade própria ao homem sertanejo.

Bem, só a professora Gabriela(ao centro - saia preta, barra branca)para nos tirar de casa em plena tarde sábado e nos deixar a postos no Museu do Cais do Sertão. Mas valeu a pena, pois de outra maneira eu, jamais tomaria conhecimento de que em minha cidade do Recife, existe sim, um museu para ninguém botar defeito e que conta toda a história de Luiz Gonzaga, com sua sanfona e também do estilo de vida do homem sertanejo.
Por hoje é só. Um abraço! Obrigada pelo carinho!
Até breve!


Você vai amar ler esses também:

0 comentários

Gostou? Compartilhe !!!

Pesquisar este blog