Platão, Ágatha e Necessidades que Inventam

Platão disse que a necessidade é a mãe da invenção, mas Ágatha Chirstie discordou. Disse Ágatha: “ Não acho que a necessidade é a mãe da i...

Platão disse que a necessidade é a mãe da invenção, mas Ágatha Chirstie discordou. Disse Ágatha:

Não acho que a necessidade é a mãe da invenção - uma invenção, na minha opinião, surge diretamente da indolência, possivelmente também da preguiça. Para poupar-se trabalho.” 
Agatha Christie
Frases - http://kdfrases.com


Cada um, a seu modo, tem razão, porém sou mais propensa a aceitar a opinião de Platão, pois, é a necessidade de melhorar nossa performance profissional e qualidade de vida foi quem nos levou a sair em busca das mais variadas invenções.

A necessidade também se dá por uma perda material ou por uma frustração qualquer. Do contrário, tudo estando às mil maravilhas, acho pouco provável que uma pessoa saía de seu lugar comum, de sua zona de conforto, do doce aconchego de seu lar, para se esforçar seja lá pelo que seja.

O mundo deu muitas voltas , desde a invenção da roda e de lá para cá, quantas coisas já não foram criadas a partir dessa fantástica invenção, e não param de surgir novas ideias a fim de se aperfeiçoar o que já foi inventado.

O que Ágatha falou a respeito da invenção como forma de se poupar trabalho, acho que tem mais a  ver com tornar o trabalho mais eficiente, possibilitando maior produção em menor espaço de tempo, o que não é uma má ideia.

 A preguiça e a indolência citada por ela, a meu ver,desmerece o árduo trabalho que os inventores, no caso, designers, têm para se chegar a um produto que irá melhor atender a grande parte das pessoas.

Por indolência ou preguiça, como disse Ágatha ou pura necessidade como bem falou Platão, a verdade é que inventores sempre haverá de existir, pois somos seres únicos e como tal, temos nossas peculiaridades, nossas "esquisitices". O que serve para um, muitas vezes, não serve para outros,  Nossas expectativas diante da vida, nossa necessidades são diferentes e toda vida estamos em busca de algo que, às vezes, nem sabemos direito o que é mesmo, mas que existe, e se não existir, a gente inventa.

Um abraço. Até breve.

Você vai amar ler esses também:

0 comentários

Gostou? Compartilhe !!!

Pesquisar este blog