Uma Persona Chamada "Sofia"

A aula de hoje foi Tendência de Moda . A professora dividiu a classe em várias equipes e deu a cada uma um pequeno envelope com um nome de ...

A aula de hoje foi Tendência de Moda. A professora dividiu a classe em várias equipes e deu a cada uma um pequeno envelope com um nome de mulher escrito em cada um.  Mas essa não era uma mulher comum. Essa era uma "persona".

O nome de nossa "persona" é Sofia.

No envelope de minha equipe continha algumas figurinhas: 2 óculos de grau, marca ray-ban, 2 cartões de crédito, l carro de marca Corsa, l belo estojo de maquiagem, 1 prato de comida bem requintada, ornamentada com grandes camarões, alguns artigos de luxo como joias e um relógio e 1 pote de renew 60+ da Avon, 

A partir dessas "pistas" a gente teria que dizer quem afinal, seria nossa "persona".

Para mim, o pote de creme não deixa dúvidas quanto a idade de Sofia. Por causa dos dois óculos de grau,  deve ser uma professora universitária aposentada.  Se fosse professora de ensino fundamental ou médio, sua aposentadoria não seria suficiente para o estilo de vida que sugere levar, a menos que viva pendurada nos dois cartões de crédito.

Óculos de marca, boa comida e alguns itens de luxo indica que ela vive bem, não chegando a ser rica, senão seu carro não seria um Corsa nem usaria cartões de crédito.

O pote de anti-idade e o estojo de maquiagens indica que ela é vaidosa se preocupa com a aparência. Os óculos ray-ban, indica que ela preza pelo clássico e tem bom gosto, portanto deve ser uma senhora bem chic. 

Sofia deve ser também bastante consumista, já que usa dois cartões de crédito e não me admira se de vez em quando, se veja em apuros financeiros.

Para aproxima aula, nós precisamos levantar o perfil psicológico de Sofia, apresentar um painel semântico e fazer um croqui de como seria essa mulher. Roupas, sapatos, cabelos, maquiagens. Até agora, tudo bem, mas passando para o lado do croqui, a coisa começou a complicar.

A finalidade da aula e mostrar como todos nós, mesmo quando não queremos, transmitimos uma mensagem, através de nossas roupas, de nossos pertences.

As roupas e afins denunciam o quanto uma pessoa está ou não ligada à moda.

Agora, vou dizer uma coisa, para minhas amigas que chegaram até aqui. É confidencial. Um desabafo: - Não estou gostando de estudar História da Indumentária, não! Desculpem-me a ignorância ( porque sei que "o saber" é importante e faz a diferença), mas acho a maior chatice estudar a história da moda na Idade Média, Império Bizantino, Gótico, Românico (de Roma). Acho tudo isso chato demais, mas preciso estudar para concluir o curso.

Obrigada, meninas! Tudo de bom para vocês!

Agora vou fazer uma atividade para a aula de amanhã que será de Produção de Moda. Eu tenho que escolher dois estilos de roupas para descrever as mulheres que as usam.  Vou ver aqui o que é que faço.

Bjs.

Você vai amar ler esses também:

0 comentários

Gostou? Compartilhe !!!

Pesquisar este blog