Cinderela em Paris - O Filme a Moda

Musical e comédia romântica, "Cinderela em Paris, com Audrey Hepburn e Fred Astaire, no papel principal, representa um ótimo filme para...

Musical e comédia romântica, "Cinderela em Paris, com Audrey Hepburn e Fred Astaire, no papel principal, representa um ótimo filme para quem está estudando moda.


Porque é um verdadeiro desfile de roupas e acessórios com cores, modelagens e tecidos esvoaçantes, retratando com clareza e perfeição a moda de 1957, ambientada, como o próprio nome diz, em Paris.



Só consegui assistir o filme em inglês, sem legendas, como não entendo nada de inglês, me limitei a observar só as roupas dos personagens, mas deu para perceber que a mocinha que trabalha como balconista numa livraria, depois acaba se transformando em uma famosa top model e, como não poderia deixar de ser, acaba se apaixonando pelo fotógrafo que a descobriu.


E podemos observar a transformação nas roupas e na maquiagem da bela jovem, desde quando deixa sua condição de balconista da livraria para chegar ao topo da fama e fortuna.





Essa imagem acima, a personagem denota um ar distante e misterioso.

O chapéu de abas largas, de onde pendiam largas e compridas faixas de um verde bem suave, tinha na copa, que fica no alto da cabeça, tecidos fluidos, que formavam um belo degradê na cores amarelo e laranja, deram um show à parte logo no incio do musical.

O vestido de noiva midi , com véu curto, cabelos presos, brinco de pérolas e maquiagem impecável, buquê de flores simples e sapatos brancos. Simplicidade, elegância e refinamento.

O tubinho preto com cintura sempre muito bem marcada, também não poderia faltar. Assim como o conjuntinho branco, com blusa curta, deixando a cintura à mostra e a calça bem justa.
As roupas das demais personagens, apresentavam um toque de sobriedade com o corte reto e cores cinza, mas depois mudaram para rosa, mantendo a mesma modelagem, talvez para demonstrar a feminilidade da mulher e a felicidade pelo prêmio que a produtora de moda iria receber em Paris, originando aí todo o enredo da história.

Bem, esse foi mais um trabalho que tive que fazer para entregar terça-feira, valendo como parte da nota da prova. 

Obrigada pelo carinho! Um abraço e até mais!



 

Você vai amar ler esses também:

0 comentários

Gostou? Compartilhe !!!

Pesquisar este blog