Lembrando o Crochê e das Customizações

Às vezes, ficamos tão atarefadas com mil uma tarefinhas do dia a dia, que nos toma tanto tempo, né? Eu acho que isso deve acontecer com a ...

Às vezes, ficamos tão atarefadas com mil uma tarefinhas do dia a dia, que nos toma tanto tempo, né?
Eu acho que isso deve acontecer com a maioria de nós, mulheres. Tudo sempre vem na frente da gente, quando sobra um tempinho bem merecido para a gente desfrutar de algo de que realmente gostamos, chega a sentir uma certa culpá. Isso sempre acontece comigo.
Hoje à tarde, minha cunhada me lembrou do bom e belo crochê que num tempo, não muito distante eu já fiz com esmero e perfeição, modéstia a parte. Já fiz até colcha de cama cheia de arabescos incríveis, Pena que, na época eu não existia ainda essa bela plataforma da internet para divulgarmos nossa imagem e, de tanto tempo, nem mesmo sei que fim levou. Devo ter dado para alguém porque, na verdade nunca fui muito apegada às coisas materiais.
Isso é bom em parte, o desprendimento. O único empecilho é que, só nos restam as doces lembranças para nos afagar a memória.
Mas, as últimas que fiz, minha filha, registrei tudo, que dessa vez, estou um pouquinho mais esperta.
E agora vou ver se acho em algum lugar remoto de meu computador para postar tudo novamente e matar a saudade.
Quem sabe não arrumo um tempinho para dar lugar às minhas linhas e agulhas e colocar as mãozinhas à obra novamente?

De quebra, ainda lembrei que através dos tricôs e dos crochês nós também podemos  fazer valer ótimos trabalhos de customizações em nossas roupas. Muitas vezes, nem precisamos de tantas roupas assim. Precisamos customizá-las e por que não acrescentandos linhas e agulhas de crochê.









Lembro que me diverti à bessa executando esses trabalhos. A gente parece que mergulha em outra dimensão. Cria asas e começa a voar por outras paragens. É uma das inúmeras bênções que o Senhor Deus criou para nos tirar da monotonia e nos encher de alegria com a obra de nossas mãos.
Olha menina, foi trabalho artesanal é comigo mesma!
O que acho mais incrível é que ainda não achei meu nicho de mercado e me sinto eclética.Do contrário, não estaria blogando.
Se sou dona de casa, estudante, designer, modelista e costureira e ainda por cima blogueira e crocheteira, acho que isso não é pouca bobagem, se bem que (eita, tô me achando) (pela primeira vez na vida, "tô me achando). Eu que sempre fui tão afeita à ficar mais à margem do marketing pessoal, agora estou me dando ao luxo de estar aqui a me vangloriar de minhas muitas habilidades. Eu posso com uma coisa dessa?
Mas, o mundo gira e tudo muda. E a internet está aqui para isso mesmo. Bem, eu acho!
Mas, como ia dizendo, eu não posso falar de um assunto só. Executar só uma tarefa. Eu acho que já falei isso aqui em algum post, ou ficou em algum rascunho, nem sei, visse?
Tenho pensado em, além das modelagens, investir e unir o crochê nas minhas criações e assim, incrementar mais minhas produções.
O que vocês acham? Vocês também não acham lindo uma roupa com algum detalhe de crochê?
Vocês podem me dizer nos coment´rios. Ficaria muito feliz! Obrigada pela leitura e até o próximo post! Um abraço!

Ah, quase ia esquecendo desse colete que fiz. É crochê de dedo. Esse não sabia que existia. Aprendi na faculdade. Achei o máximo! Bárbaro! Lindo!


 Minha vida era comprar novelos e mais novelos de linhas! Mas ainda tenho alguns para recomeçar. Vou procurar ver em que mundo anda. Depois de tantas mudanças, esse ano, só mesmo Jesus para me ajudar"!

 Fiz esses belos sapatinhos para dar a meu sobrinho postiço, filh0o de minha coleguinha Cibelle, que quando terminamos o curso, ela ficou grávida, mas ainda não tive oportunidade de entregar. Luquinhas já tá um rapazinho. Num instante o tempo passa, nem vai caber mais. Fica para a próxima, tá Cibelle. Que não vai parar por aí, não.

Uaua! Ainda tinha essa blusa abaixo. Tinha esquecido! Como o tempo passa! Só isso que tenho a dizer?
  



Não é só isso que tenho a dizer. É que temos que fazer o que o Senhor Deus colocar em nossas mãos para ser feito e com esmero e perfeição. Da melhor maneira possível.

Agora sim, um abraço o todas e até o próximo post!


















Você vai amar ler esses também:

0 comentários

Gostou? Compartilhe !!!

Pesquisar este blog